Mamãe de Primeira Viagem: Sensações



          O quadro Mamãe de Primeira Viagem nasceu para poder trazer experiências de mamães reais que a cada dia descobrem novidades, ganham experiências e que tornaram-se mamães de primeira viagem! Eu, Tanara, ainda não sou mãe, mas um dia serei e quero poder aprender junto com vocês através das experiências de outras mulheres.
            Os posts, a princípio, serão semanal. Como não depende só de mim procurarei o maior número de mamães possível e se você leu esta matéria, gostou da ideia e quer colaborar entre em contato comigo!

Foto ilustrativa - Crédito: Bolsa de Mulher
      Lydia Telles, 31, está grávida do Theo e com 5 meses de gestação. Ela contou para o Blog TH sua experiência com as sensações de estar grávida, foi uma curiosidade minha que pedi para ela compartilhar!

      Engravidar é uma das coisas mais emocionantes que nós mulheres temos o privilégio de viver. Cada fase tem um sabor diferente e eu estou bem na metade do período. Vim aqui compartilhar com vocês, minhas sensações de agora que são bem diferentes do início.
   
     Agora já passamos de 20 semanas, 5º mês e a nova fase delícia da gravidez vem a tona. Comecei a sentir uns movimentos estranhos na barriga. Descrevendo bem, a sensação é muito parecida como a de quando estamos com muitos gases. Ok, podem rir, mas é bem isso. Nas primeiras vezes fica mais dificil identificar, mas aos poucos fui percebendo que eram os movimentos do meu bebê e nossa isso é muito bom. Quase sempre acabo rindo quando sinto ou fico com cara de boba.

     Descobri que não dói e nem faz cócegas, mas é uma sensação bem divertida. Aos poucos ela fica mais frequente e melhor de identificar, até chegar o momento de sentir fora da barriga também. Me emociona lembrar do primeiro momento que meu marido sentiu nosso bebê mexendo... Ele levou um susto misturado com emoção. Ficamos rindo e com os olhos cheios de lágrimas, é surreal!

      Nessa fase a bolotinha que apareceu na barriga, já esta bem maior e estou mesmo com aparência de grávida. Além dos seios e o corpo mais redondo, minha barriga já está bem aparente. Com isso, esclareci mais uma duvida que eu sempre tive “dói sentir a barriga crescer?”. Não, não dói exatamente. Até o momento não senti nenhuma dor especifica da barriga crescendo, mas a gente sente uma pressão no útero. Desde o início, sentia uma cólica bem fraquinha que as vezes me assustava. Até que o médico explicou que isso era a musculatura do meu útero se expandindo para acomodar meu bebê. Em alguns momentos essa dorzinha vinha mais forte, mas nada impossível de aguentar e também não durava muito tempo. Fora isso, nenhum desconforto maior neste fator.

      O que sinto hoje, é uma dificuldade em me acomodar para dormir. Sinto meu corpo mais pesado, seios, barriga... Pra mim que era magra e com seios muito pequenos, ter um volume no abdome e no peito é muito novo. Aos poucos estou me adaptando. Como leio muito e tento me informar o máximo, descobri que a melhor posição é virar para o lado esquerdo e isso ajuda bastante. No mais, é só alegria. Sinto meu Theo mexendo várias vezes no dia, minha fome já está mais controlada e outra parte gostosa dessa fase é montar o enxoval, quartinho... Que venham os próximos 4 meses!


      A Lydia é dona do blog Arte A Porter e lá ela compartilha muita coisa bacana, não deixem de passar por lá!

Você tem experiências e quer compartilhar? Envie ela para tatashhormain@hotmail.com junto com uma foto, o nome e idade da mamãe e do bebê. Assim que receber o e-mail entrarei em contato imediatamente!



0 Comentários

Postar um comentário

O Blog TH valoriza muito seus comentários, pois assim trocamos ideias, opiniões e informações! Adoramos suas perguntas e sua participação. Seja honesto e justo, sem nunca esquecer de ser elegante e educado :D