Como tirar um CNPJ?



     Muitos blogs possuem loja online, mas a maioria de fato não existe dentro das leis. Hoje vou contar para vocês passo a passo de como foi para fazer o meu CNPJ da loja online do blog.

O que é CNPJ?
O Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, ou simplesmente CNPJ, identifica uma empresa junto à Receita Federal. Somente com o CNPJ as empresas podem fazer contratos, emitir notas fiscais, abrir processos, garantindo a sua legalidade fiscal e jurídica. Sem o CNPJ é como se sua empresa não existisse e a possibilidade que ela seja fechada é muito grande.
Fonte: Pontual

      Todas as lojas localizadas no Brasil devem se casdastrar para ter o CNPJ e eu não queria continuar com a loja não registrada, então dei o primeiro passo e fui até o SEBRAE de Rio Grande. Lá uma moça me perguntou sobre lucros, atividades e intenções e descobrimos que eu me encaixava no perfil Microempreendedora Individual.

O que seria uma Microempreendedora Individual?
-Trabalhar por conta própria ou contar com o auxílio de no máximo um colaborador;
-Faturar no máximo R$ 60.000,00 por ano ou proporcional ao período a partir da formalização;
-Não participar como titular ou sócio de outra empresa.
Fonte: Sebrae


     A partir do momento que estava definido o perfil da minha loja agendamos uma oficina onde teriam esclarecimentos, tiraríamos dúvidas e tudo mais na duração de 4h, mas pelo fato de poucas pessoas estarem agendadas naquele dia durou bem menos do que o tempo previsto.


      Ao chegar lá eles nos dão uma apostila que podemos levar para casa, nela está bem esclarecido algumas dúvidas e abaixo espaços para anotações.


Algumas das minhas anotações:
  • Após a abertuda do CNPJ nos tornamos pessoa jurídica;
  • Tem uma taxa fixa mensal que varia de R$39,40 a R$45,40 como contribuição ao INSS; (Ano 2015)
  • Se não tiver nenhum funcionário não é necessário contador;
  • Não é obrigado pagar imposto de renda (dentro do valor estabelecido);
  • Direito a aposentadoria por idade, 60 anos a mulher e 65 anos o homem;
  • Temos que ter o controle de faturamento, mesmo que seja zero;
  • Se arranjarmos um emprego de carteira assinada, não fecharmos o CNPJ e esse emprego nos demitir nós perdemos o direito de seguro desemprego;
  • O primeiro alvará é gratuito, somente o primeiro.
      Eu não saí na hora com o meu CNPJ, como todo mundo, pois constava um erro no meu CPF onde dizia que eu não tinha cadastrado meu título eleitoral. Eu tirei meu CPF aos 15 anos e o título bem depois, o que causou o problema e para arrumar somente indo no Correios e pegar uma fila de pelos menos 1h. Esperei um dia de carnaval que ninguém iria no correio e fiz a alteração, custou R$5,00 para eles arrumarem o tal erro.

É difícil tirar o CNPJ? 
      Não, o difícil é depois para quem quer ter loja física, pois tem que ver alvará, bombeiros, prefeitura e é aí que entra a burocracia toda que inibe o futuro empresário.

8 Comentários

  1. Oi Tanara,

    Muito, muito, muito legal o post!! Parabéns!

    Pouca gente sabe, mas eu já tive um e-commerce também do IY la atrás e sei como dá trabalho.

    Adoreei o conteúdo!

    Beijinhos,
    Lelê

    http://www.ityourself.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, realmente dá trabalho! :D

      Excluir
  2. Bom demais, Tanara! SUPER ESCLARECEDOR! Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Eu aprendi um pouco sobre isso quando tive Direito Empresarial e o Prof. explicou como funcionava.
    Ter loja virtual é mais fácil e mais vantajoso do que ter loja física por causa da burocracia que tem que enfrentar.
    Boa sorte pra ti e sucesso com a tua lojinha, Tanara.

    Beijos

    Rainha de Copas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, é muita burocracia para o empreendedor de loja física. Obrigada :D

      Excluir

O Blog TH valoriza muito seus comentários, pois assim trocamos ideias, opiniões e informações! Adoramos suas perguntas e sua participação. Seja honesto e justo, sem nunca esquecer de ser elegante e educado :D