Jornalismo



     A vida é feita de escolhas, diariamente e a todo momento, porém algumas não são fáceis e uma delas é escolher a faculdade que mais combina com o nosso perfil. Para mim foi extremamente difícil e acredito que não é diferente com muitas pessoas! Para tentar ajudar eu vou falar hoje sobre as características de um estudante de jornalismo, claro que usando como base minha vida pessoal. Para ser estudante de jornalismo é necessário…

Gostar de ler. Muito óbvio? Leitura é essencial para alguém que deseja escrever, é com a leitura que construiremos um bom vocabulário e a partir dele escreveremos bons textos.




Criatividade. Como assim criatividade? Para escrever um bom texto seja para um jornal, revista ou site você precisa de criatividade, pois jogar os fatos nas linhas qualquer pessoa sabe fazer, mas escrever um bom texto só um jornalista!


Ser um pouco louco. De louco todo mundo tem um pouco! O jornalismo é realmente uma loucura, pois mil coisas acontecem por todo lado e você precisa estar sempre correndo e pronto para ouvir as histórias mais bizarras do mundo. Para conseguir uma matéria ou até mesmo mudar a data da entrega de um trabalho na faculdade você terá que arriscar, dependendo do caso, muito. O dia que você estudar Semiótica entenderás também onde entra a loucura.




Aturar os pais. A maioria dos pais usarão aquele argumento de sempre dizendo que o jornalismo não dá dinheiro. É verdade isso? De fato é. Porém você sendo um bom profissional você sem dúvidas se destacará e terá dinheiro, agora muito dinheiro é pouco provável!



Ser fofoqueiro e curioso. Cooomo assim Tanara? Se você é o tipo de pessoa que descobre algo e não fica satisfeito até contar isso para alguém então você é um jornalista. Não to falando que você vai contar para todos algo pessoal de pessoas do mundo, como jornalista você aprenderá a usar seu filtro, ou não.



Ser autêntico. Quer ser reconhecido por todos? Seja único no mundo. Já ouviu falar o Truman Capote? Ele escreveu o livro A Sangue Frio que é tão rico em detalhes que até eu que não gosto deste tipo de literatura fiquei presa lendo. 


Não gostar de rotina. A notícia não espera você pegar às 9h e soltar às 19h do trabalho, só nunca! Pode acontecer na hora do seu almoço, na hora do seu café, no seu final de semana e até enquanto você está dormindo. Esteja pronto a qualquer momento.

Como funcionar o curso?
     O jornalismo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) consiste em oito semestres noturnos, até o momento tenho 4 períodos por noite e geralmente da mesma cadeira. Os primeiros semestres são os mais complicados, pois para quem jurava que se livraria de filosofia, sociologia e outros isso não acontece. Pelo menos estamos longe dos números!

Como me preparei?
      Eu estava há dois anos prestando vestibular para Direito na Universidade Federal de Rio Grande (FURG), meu primeiro ENEM foi no ensino médio e tive a redação anulada sem chance de recorrer, no meu segundo 
ENEM fiz cursinho eu não passei e no meu terceiro ENEM eu descobri que tinha sido chamada no Direito no ENEM anterior e não tinha visto a lista, porém nesse terceiro eu mudei para jornalismo, sem cursinho, pois o blog me abriu a mente e vi que era essa vida que eu queria e então ENTREI! :D

      Espero te ajudado alguém, me contem quando der como foi para escolher o curso que tem o seu perfil!

0 Comentários

Postar um comentário

O Blog TH valoriza muito seus comentários, pois assim trocamos ideias, opiniões e informações! Adoramos suas perguntas e sua participação. Seja honesto e justo, sem nunca esquecer de ser elegante e educado :D